Utilizamos cookies para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador no nosso site. Para mais informações, consulte a nossa Política de cookies.

Contactos

{{descprition}}
Para que possa sempre contar connosco estamos presentes em todo o mundo, garantindo-lhe sempre um acompanhamento personalizado.
Rua do Freixo, 725 - B
4300-217 Porto
Tel: (+351) 226 002 295 / 226 094 268
Fax: (+351) 226 002 271

Av. João Crisóstomo 31,
5º Andar - Sala D
1050-125, Lisboa
Edifício Setin Tower
R. Fidêncio Ramos, 100 – 5ºAndar
Vila Olimpia, São Paulo – SP
CEP 04551-010 Brasil
Tel.: +55 11 3045 6873





Obrigada! O seu email foi enviado com sucesso! Prometemos ser breves.

Alguns campos não estão completos!


Se o seu objetivo é trabalhar connosco, veja aqui as nossas oportunidades
Porquê ARMIS ITS

  

      
   

A ARMIS ITS nasceu de um olhar visionário que antecipava a necessidade do desenvolvimento de uma nova geração de soluções inteligentes para a área dos transportes. Estas soluções, que integram as infraestruturas, veículos, condutores e passageiros devem ter como objetivos melhorar a mobilidade das pessoas e dos bens, aumentar a segurança, otimizar as infraestruturas e diminuir o impacto ambiental.

O Grupo Armis é um conjunto de empresa de Tecnologia de Informação, especializadas no desenvolvimento de software e soluções complexas. Devido a elevada experiência em TI e diversidade de conhecimentos adquiridos ao longo dos anos na área de transportes, criou uma área especializada aplicando as tecnologias de informação e comunicação à área dos transportes, desenvolvendo sistemas ITS. A Armis ITS disponibiliza aos clientes serviços que vão desde a definição de estratégias, desenho de processos, definição de arquitetura, até a implementação das soluções ITS “Sistemas de Transporte Inteligentes” mais inovadoras.

A Comissão Europeia vem promovendo novas regras e tecnologias, que são explanados de forma patente na diretiva 2010/40/EU. Esta diretiva estabelece “um quadro para a implantação de sistemas de transporte inteligentes no transporte rodoviário, inclusive nas interfaces com outros modos de transporte”, identificando claramente que a inovação deve ter “um importante papel a desempenhar na procura de soluções adequadas para a União” e, em particular, “a aplicação de tecnologias da informação e das comunicações no sector dos transportes”.

O objetivo da Comissão europeia na área de transportes é fomentar a mobilidade eficiente e segura, por isso, promove vários projetos e discussões que definem políticas ITS envolvendo autoridades, operadores de transportes, indústria, entre outros stackeholders do Sector de Transportes. A Armis ITS, a representar Portugal nestes projetos e discussões como Consultora Técnica, acompanha grupos de trabalho e participa ativamente na definição de normas e standards, nomeadamente o DATEX2, que define um standard para a troca e suporte de informação de tráfego na Europa.

Podemos nos orgulhar de estar sempre um passo à frente, de sermos pioneiros, porque construímos e implementamos soluções de acordo com as necessidades dos nossos clientes e dentro das especificações técnicas fixadas pelas políticas da Comissão Europeia, assim que definidas. Nossa elevada experiência no desenho, conceção e implementação de projetos na área de ITS leva-nos a concretizar com sucesso os projetos de nossos clientes, primando pelos elevados padrões de exigência ao nível da inovação, qualidade, segurança e tratamento de grandes volumes de informação.

A Armis ITS, consciente da necessidade de oferecer um significativo contributo para uma sociedade mais sustentável, para além de soluções de gestão e operação como o DRIVE e o NEXT, e de supervisão como o OPENROAD, apresenta ainda um inovador sistema integrado de gestão de mobilidade. Este sistema é capaz de organizar e reunir as informações dos serviços de mobilidade, bem como facilitar aos seus clientes a disponibilização desta informação através do movimento Open Data (que oferece uma importante fonte de informação capaz de promover uma mobilidade mais sustentada). Assim, com acesso às informações, os operadores podem compreender melhor as necessidades de mobilidade dos cidadãos e estes, por sua vez, podem tomar melhores decisões com base nestas informações.